“Tem que dar a cara”; Abel não esconde insatisfação e deixa no ar recado para diretoria do Palmeiras

0
17478
Abel falou sobre os questionamentos
Foto: Cesar Greco/Palmeiras

Pelo Campeonato Paulista, o Palmeiras mais uma vez saiu sem os três pontos. Diante do Botafogo-SP, o Verdão, que alçou muitas novidades no time titular, ficou no 0 a 0, fora de casa.

Em entrevista coletiva após o embate, o técnico do Palestra, Abel Ferreira, foi questionado sobre os protestos da torcida no meio de semana após a derrota para o São Paulo. Na conversa, o português deixou no ar um direcionamento para a diretoria.

“Não sou eu que decido ou organizo. Sou treinador e tenho que dar o treino. Não vou me pronunciar mais sobre questões políticas. Sobre essa questão, alguém dentro do clube tem que dar a cara. Eu não vou falar mais sobre essas questões”, frisou.

“Deixo um aviso: quando eu for o problema do clube, deixo de ser o problema. Demorei um dia para decidir vir, quando for o problema eu resolvo. As pessoas têm pouca memória. Podem pintar e xingar o que quiserem. Colocamos o verde de novo”, completou.

Por fim, Abel mais uma vez comentou que é nas categorias base que o clube terá reforços: “Nós estamos trabalhando com 15 jogadores da base. Só contar. Vocês sabem o futuro do clube e é por aí que vamos continuar. Eles têm se portado bem. Foi uma aposta do passado e vai continuar a ser. Temos que olhar para baixo porque é aí que vamos buscar reforços”, finalizou.

+ Receba as últimas do Palmeiras em seu E-mail
+ Siga o Palmeiras Web no Facebook
+ Siga o Palmeiras Web no Google Notícias
+ Participe do nosso grupo no Telegram

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui