Sem espaço, meia entra na mira do Cruzeiro; Palmeiras define moldes para fechar acordo

0
129
Cesar Greco/Palmeiras
A diretoria do Palmeiras mudou o planejamento para essa temporada e aposta na política de conter gastos visando bons frutos. O clube não deve investir em medalhões, e vem mesclando nomes pontuais com destaques das categorias de base para alavancar o projeto estabelecido pelo presidente Maurício Galiotte.
 
Dentre muitos nomes experientes, um fora dos planos é o meio-campista Alejandro Guerra. Atualmente, treina em separado na Academia de Futebol e não deve ter sequência com o técnico Vanderlei Luxemburgo. Com 35 anos de idade, o contrato vai somente até dezembro.
 
Com brecha por um acordo, o empresário vem oferecendo o venezuelano para times do futebol nacional. O Cruzeiro, que segue na busca por contratações, é um dos clubes especulados em um provável acerto.
 
A diretoria do Palmeiras salienta que não dividirá os vencimentos do meia e, que, caso qualquer time bata o martelo, terá que pagar o salário integralmente. Na última temporada, emprestado ao Bahia, Guerra disputou 18 partidas e marcou em uma oportunidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui