Nacional-URU aciona Fifa e coloca contrato de Viña com o Palmeiras contra a parede

0
15361
Cesar Greco/Palmeiras

Indo ao mercado com o foco somente em contratações pontuais, o Palmeiras mudou toda a sua estratégia após a chegada de Anderson Barros ao cargo de diretor de futebol. Na lista de acertos, um bastante querido pela torcida é Matías Viña.

O lateral-esquerdo é titular absoluto do Verdão e um dos melhores do futebol brasileiro. Fora das quatro linhas, o uruguaio vira assunto nesta quinta-feira (08), após o Nacional entrar na Fifa contra o Palmeiras à respeito do atleta.

De acordo com informações do site Globo Esporte, o clube uruguaio teria reclamado do pagamento de mais 7,5% dos direitos econômicos do defensor. A situação é levantada por conta do primeiro acordo entre os times, que previa a compra da fatia em caso de 33 atuações do ala.

Do lado do Verdão, a ressalva é que já havia uma confirmação que o clube oficializaria o acerto, mas solicitou a quantia em parcelas. Ciente disso, o Nacional procurou a Fifa para depois oferecer o parcelamento das cifras. Nessa linha, o Alviverde agora aguarda um veredito e não há a possibilidade de o clube ser impedido de registrar novos atletas.

Ainda segundo a reportagem, o Maior Campeão do Brasil teria ficado surpreso com a decisão do time uruguaio, já que havia informado que iria cumprir o acordo. Em contato com o site Globo Esporte, André Sica, advogado do Palestra, detalhou o processo.

“A gente entende completamente o desespero do Nacional pelo pagamento, mas a gente entenderia muito melhor se eles tivessem entrado em contato e conversado com o Anderson (Barros), explicando a situação de extrema necessidade. O Nacional talvez tenha esquecido que o Palmeiras tem uma gestão profissional, sabemos onde estamos pisando. Como a escolha foi por usar a Fifa como meio de coerção de forma despreparada, o Nacional terá de esperar e entrar na fila de processos agora”, salientou.

produtos palmeiras

Por fim, André descartou a possibilidade de o clube ficar impedido de registrar reforços: “Sobre a alegação de perder registros, a chance é zero. Isto nunca aconteceu no Palmeiras e não vai acontecer tão cedo”, completou.

+ Receba as últimas do Palmeiras em seu E-mail
+ Siga o Palmeiras Web no Facebook
+ Siga o Palmeiras Web no Google Notícias
+ Participe do nosso grupo no Telegram

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui