Galiotte sai da casinha e rebate Felipe Melo: “Foi uma declaração desnecessária”

2
2423
Galiotte
Foto: Cesar Greco/Palmeiras

Após a vitória do Palmeiras diante do Grêmio, pelo Campeonato Brasileiro, Felipe Melo foi perguntado sobre o futuro e revelou que esperava há mais de dois meses um veredito do presidente Maurício Galiotte.

“Eu vejo que meu nome é bastante forte no mercado. Não sei o que passa na cabeça do presidente e do diretor. O presidente me chamou para conversar e pediu 15 dias. Se passaram dois meses e ele não apareceu. O diretor sim, falou o que todos sabem”, disse ao canal Premiere.

Atualmente, o volante está fora dos planos e não deve permanecer na próxima temporada. Em entrevista ao site UOL Esporte, Galiotte respondeu e disse que a declaração do atleta foi desnecessária.

“Falamos algumas vezes com o Felipe sobre a situação e sempre disse que passaríamos uma posição oficial para ele. Há alguns dias, o Anderson se reuniu com ele e comunicou que, no momento, o nosso entendimento era pelo fim do ciclo. O Anderson (Barros, diretor de futebol) avisou a ele, em encontro na sala dele na Academia, que o ciclo estava se encerrando neste momento. Foi uma declaração desnecessária”, frisou.

“O Felipe não estava sem saber qual era o futuro dele. Foi uma decisão dura, o Felipe ganhou títulos, tem o respeito do clube e do torcedor, mas alguns ciclos precisam ser encerrados, e agora temos um ciclo de garotos vindo por aí. Nós conversamos com toda a diretoria e comissão e tomamos essa decisão. O comunicado foi feito pelo Anderson, mas em consenso com todos: presidente, vice e comissão. Eu fico até o dia 5 de dezembro e não vou renovar o vínculo com ele. O Felipe tem contrato até o dia 31 de dezembro. Se o próximo presidente tomar outra decisão, já não cabe mais a mim”, completou o dirigente.

Por fim, o presidente assemelhou o futuro de Melo ao de Jailson, outro que não ficará após dezembro: “O Jailson também viveu a mesma situação. O futebol é feito de ciclos. Tanto o Jailson quanto o Felipe foram avisados, na sala do Anderson, que a decisão de momento era não renovar”.

2 COMENTÁRIOS

  1. O Presidente tem que ser Presidente até o fim do seu mandato. Não ficar jogando para o próximo, o Felipe Melo e o Jailson estão jogando em alto nível, entendo que eles deveriam ter mais 1 ano de contrato. Até para que os mesmos tenham um final de carreira decente pela glórias que trouxeram para o Clube. O Felipe mesmo poderia ser utilizado para compor a comissão técnica permanente do Clube.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui