Abel Ferreira sai da casinha e detona arbitragem contra o Flamengo: “Eu fui expulso porque disse isso”, diz técnico do Palmeiras

0
50352
Abel esbravejou contra a arbitragem
Foto: Cesar Greco/Palmeiras

Pela final da Supercopa do Brasil contra o Flamengo, o Palmeiras fez um bom jogo, mas acabou sendo derrotado nos pênaltis. No tempo normal, a partida terminou empatada em 2 a 2 e com Raphael Veiga balançando as redes duas vezes.

Durante o duelo, um dos pontos mais questionados foi a arbitragem de Leandro Pedro Vuaden, no estádio Mané Garrincha. Ele polemizou na marcação de uma falta que, para muitos, Wesley foi derrubado em cima da linha e seria pênalti, além da expulsão do técnico Abel Ferreira.

“Ainda bem que falas da minha própria expulsão, que é para ficar aqui claro e entre nós. Eu me chamo Abel Ferreira, tenho 42 anos e sou responsável por aquilo que eu digo. Não por aquilo que os outros escrevem, por aquilo que digo. Eu fui expulso porque disse isto ‘Duas grandes equipes em campo, na minha opinião, mereciam um árbitro do mesmo nível”, disse Abel em entrevista coletiva.

“Eu perguntei à diretoria se aqui [no Brasil] há classificação dos árbitros. Na Europa, o desempenho dos árbitros ao longo da época tem uma classificação, uns crescem, outros que sobem, outros que estão em primeiro. Eu perguntei e não há essa classificação aqui”, completou.

produtos palmeiras

Em outro ponto, Abel disse que o responsável pela sua expulsão não foi Vuaden e sim o bandeirinha: “Eu gostaria de ver aqui, onde estiveram as duas melhores equipes, uma na Copa [do Brasil] e outra no Brasileirão, eu gostaria de ter visto aqui os melhores, e eu sou expulso. Foi um amarelo claro, e o jogo é de emoções. Eu estava fora, e quem me expulsou não foi o árbitro. Quem me expulsou para todos saberem foi o bandeirinha, porque eu disse isso”, finalizou.

+ Receba as últimas do Palmeiras em seu E-mail
+ Siga o Palmeiras Web no Facebook
+ Siga o Palmeiras Web no Google Notícias
+ Participe do nosso grupo no Telegram

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui