Após revolta contra o CRB, Scarpa abre o jogo sobre relação com Abel no Palmeiras

1
63042
Scarpa falou sobre Abel
Foto: Cesar Greco/Palmeiras

Na vitória do Palmeiras diante do CRB, pela primeira partida da terceira fase da Copa do Brasil, chamou a atenção a atitude de Gustavo Scarpa, que não gostou de ser substituído pelo técnico Abel Ferreira.

Naquela ocasião, o meia chegou ao banco de reservas chutando uma das cadeiras e jogando uma garrafa no chão. A mudança aconteceu aos 14 minutos do segundo tempo, quando deu lugar a Zé Rafael.

Em entrevista à Rádio Bandeirantes, Scarpa foi questionado e amenizou a situação. Segundo ele, houve uma grande repercussão, mas que o assunto está resolvido.

“Foi bem tranquilo, coisas que acontecem. Ele é experiente no futebol, eu não sou mais menino. Tiramos de letra. O pessoal tentou fazer uma tempestade no copo d’água, mas não deu certo. Ficou de boa”, disse.

No ano passado, Scarpa atuou muitas vezes na lateral esquerda, mas que não é sua posição de origem. Após conversar com Abel, ficou definido que ele brigará por posição no meio-campo.

“Sempre ser escolhido para jogar fora de posição tem hora que enche o saco (risos). Quando o time vai mal geralmente sobra para o cara que está fora de posição. Não dá para me comparar com Dudu, Rony, Wesley, outro estilo de jogo. É um pouco chato quando você começa a ser utilizado apenas em outra posição e não tem sequência. Em um jogo entra de ponta, depois em outra ponta, na lateral… Estou feliz e agradeço ao Abel, ele me chamou para conversar e disse que eu ia brigar por vaga na minha posição nesta temporada”, finalizou.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui